Polícia indiana caça ladrões de camisinhas.


Das 3 mil máquinas de preservativos instaladas pelo governo em Mumbai, no centro-oeste da Índia, cerca de 500 foram para o saco. Todas foram detonadas por vândalos. Alguns querem roubar as camisinhas, outros detonam por diversão mesmo.

O mistério das gangues das camisinhas perturba as autoridades porque Mumbai tem um dos maiores índices de pessoas infectadas com o HIV do planeta. Cada máquina – que funciona como aquelas que oferecem refrigerantes e salgadinhos - tem 20 pacotes de preservativos. Mas nenhuma possui câmera de segurança.

O governo instalou as máquinas para garantir a privacidade dos indianos. Muitos deles têm vergonha de entrar num supermercado e comprar uma camisinha. Nas áreas em que as engenhocas funcionam, há muitos viciados e prostíbulos. Mesmo assim, os ladrões não estão nem aí e quebram tudo.

O governo e ativistas estão preocupados. A polícia não se mexeu para botar os vândalos na cadeia. A ideia agora é botar as máquinas em hospitais – se bem que o número de vendas poderá cair se isso acontecer, já que o povo do país é mesmo reservado.

Como os índices de infectados cresceu muito nos últimos anos, é de se perguntar: onde esses bandidos estão com cabeça?

0 Protestos:

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google para aparecer seu AVATAR.

Obrigado pela visita[Nosso twitter @jumentonet]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More